Como a Lemobs se adequou à nova realidade e o que podemos aprender com isso

Uma nova realidade, mesmo que temporária, surge em todo o planeta e faz com que líderes governamentais e empresariais tenham que se adequar, adotar novas práticas e mudar concepções arraigadas na cultura da empresa e na forma de fazer negócio.

Com a Lemobs não seria diferente. Mesmo sendo uma empresa de tecnologia com DNA inovador, a Lemobs é uma empresa com sede física na qual as pessoas chegam de manhã, trabalham e voltam para casa à noite para descansar com seus familiares.

Deste modo, a empresa atuou desde muito cedo para mitigar o risco de infecção dos seus colaboradores, clientes e parceiros, assim como para fazer a sua parte em diminuir a proliferação do vírus.

Antes de qualquer decisão do governo, a empresa implementou política de home office para todos os funcionários, criou uma política de identificação de casos suspeitos e amparo a colaboradores que viessem a manifestar mal-estar emocional devido ao isolamento social.

A empresa mantém várias atividades que demandam a colaboração de várias pessoas como reuniões , treinamentos, integração de novos colaboradores. Estes eventos, que eram presenciais passaram a ser todos realizados à distância. Nesse contexto, a utilização de ferramentas online como Slack, Trello e Google Drive se mostraram muito úteis, além das ferramentas de videoconferência como Zoom, Skype e Hangout. 

Os eventos de integração também foram ou estão sendo planejados para serem realizados à distância. Uma terça-feira por mês a empresa organiza o TerSaber, evento em que um palestrante é convidado (interna ou externamente) para falar de um assunto de interesse da empresa. Na última terça-feira, a empresa recebeu (por vídeo, é claro) o Doutor Gustavo Bairral, para falar sobre o Coronavírus.

O GameDay é um dia em que após o fim do expediente, os funcionários se juntam para jogar jogos de tabuleiro, videogames, baralho. É um dia muito animado e divertido no qual temos a oportunidade de ver nossos chefes fazendo mímica ou tentando imitar os passos de dança no Wii. Este mês, ele ocorreu à distância. 

Assim, a empresa, emprega grande esforço para que as atividades não sejam prejudicadas e que a vida dos seus colaboradores sofram o menor revés possível, mantendo ordem em meio ao caos.

Alguns funcionários relataram ganho de produtividade e o Diretor de Operações, David Almeida, considera ampliar a política de home office da empresa mesmo após o fim da pandemia. Uma ameaça externa obrigou a empresa a agir, e agindo com consciência, prudência e responsabilidade a empresa, não apenas conseguiu diminuir drasticamente os riscos, como aprender, saindo da crise melhor do que entrou.

Veja mais

Fechar Menu