Instituto de Pesquisa do Jardim Botânico utiliza SIGELU Combate Aedes na luta contra o Aedes Aegypti!

Equipe de suporte da Lemobs participou de reunião com colaboradores da unidade

Você sabia que a Lemobs tem um módulo especialmente dedicado ao combate do mosquito Aedes aegypti?

Em uma parceria estabelecida com a Coppe/UFRJ e o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, a nossa startup desenvolveu o sistema SIGELU Combate Aedes, que já funciona a pleno vapor há mais de 1 ano e meio e atua na luta contra o mosquito vetor de doenças como a dengue,zika e chikungunya.

A ferramenta é utilizada por servidores públicos de todo o país. Disponível na web e como aplicativo mobile para Android e iOS, o sistema simplifica o controle de focos do mosquito Aedes aegypti  auxiliando os servidores a realizarem vistorias semanais nos prédios públicos.

Falando em vistorias, o Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro já contabiliza muitas, sendo uma das unidades que aderiram de vez à nossa plataforma!

O Instituto Jardim Botânico na luta contra o Aedes

A equipe da Lemobs, responsável pelo suporte ao SIGELU Combate Aedes, esteve presente em uma das reuniões mensais do grupo de prevenção do Instituto de Pesquisa do Jardim Botânico e constatou que a unidade  é um caso de sucesso para outros órgãos. O Instituto de Pesquisa do Jardim Botânico do Rio Janeiro é uma das unidades mais engajadas e está trabalhando continuamente no combate ao mosquito Aedes aegypti.

Com o objetivo de combater  proliferação do mosquito, funcionários da instituição utilizam o SIGELU Combate Aedes desde janeiro de 2017 e desde então, já contabilizam mais de 70 vistorias realizadas através do sistema. A instituição está organizada em três áreas devido a grande extensão do parque.

O combate ao mosquito Aedes aegypti deve feito constantemente para impedir sua proliferação. O Instituto utiliza peixes, que são predadores naturais, para combater as larvas nos locais que acumulam água.

Dados do Combate Aedes impressionam

Assim como o Instituto de Pesquisa do Jardim Botânico, vários órgãos também já aderiram à plataforma. Com um ano e meio de atuação,  o Combate Aedes já totaliza 240 mil  vistorias e mais de 7 mil focos eliminados em todo Brasil. O sistema também está  disponível na web ou pelo celular, através de aplicativos na Apple Store (IoS) e Google Play (Android).

Entre em contato conosco através do www.aedes.sigelu.com ou pelo telefone (21) 3733-4164. O nosso atendimento acontece de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

Não fique de fora! Vamos todos juntos entrar na luta por um Brasil sem mosquito.

Veja mais

Fechar Menu