Singapura: um exemplo de Smart City que você precisa conhecer.

Singapura, que ocupa a 6ª posição no ranking de cidades inteligentes fornecido pelo IESE Cities in Motion 2018, quer se tornar a cidade mais inteligente do mundo. A cidade-estado, que se destaca nas dimensões tecnologia, governança e meio ambiente, tem uma ampla vantagem por suas questões geográficas e por ser, também, uma cidade e país ao mesmo tempo.

Atualmente, existem em Singapura milhares de sensores de monitoramento em torno da cidade para auxiliar, por exemplo, o tráfego de veículos. Esses avanços são resultado do acerto no quesito timing: Singapura percebeu rápido seu potencial da tecnologia.

Chan Cheow Hoe, diretor de informações do governo de Singapura, quer que a cidade se torne um modelo para todo o mundo. E para isso tem atraído referência de outras partes do mundo, buscando aprender com as experiências de outras cidades e comunidades.

Duas soluções interessantes já têm sido utilizadas em Singapura: o myResponder e o Moments of Life.

O myResponder se trata de um aplicativo que alerta cidadãos locais treinados em primeiros socorros quando há alguma emergência médica nas proximidades. Mais de 14 mil cidadãos já se inscreveram no serviço.

O Moments of Life é um aplicativo que visa aliviar o estresse dos principais eventos da vida de alguém com a ajuda da tecnologia. O app torna mais eficiente, acessível e amigável serviços como o registro de nascimento de alguém da família, a obtenção da certidão de casamento ou a notificação de um óbito.

Fonte: IESE Cities in Motion 2018, BrazilLab

Veja mais

Fechar Menu